Poetas Brasileiros 696x261 - 100 grandes poetas brasileiros que você deveria ler

Poetas-Brasileiros
“[…] o poema não está fora do tempo. Ele pretende certamente o infinito, mas ele busca passar através do tempo – através, não acima”

– Paul Celan, transcrito em “O mundo sitiado- A poesia brasileira e a Segunda Guerra Mundial”, de Murilo Marcondes de Moura. São Paulo: Editora 34, 2016.

A poesia brasileira teve sua história iniciada no século XVI e transitou por diversos estilos, dentre eles: o barroco, o arcadismo, o romantismo, o parnasianismo, o simbolismo e o modernismo. E, ao longo dos anos, muitos poetas deixaram uma marca indelével na história da literatura nacional.

Aqui fizemos um apanhado de 100 poetas, de diferentes períodos e estilos.

Ao clicar sob o nome você será direcionado(a) a uma página com os dados sobre o(a) autor(a) (biografia, obras e poemas).

Advertimos que nem todas as páginas estão publicadas em nossos sites, então, alguns links são externos.

No mais, gostaríamos de ressaltar que a lista é apenas uma indicação de poetas que consideramos relevantes de algum modo, portanto, não está completa e de longe pretende ser definitiva.

“EU CANTO porque o instante existe
E a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
Sou poeta.”
– Cecília Meireles, do poema ‘Motivo’. no livro “Viagem”. 1939.

Confira e boa leitura!

Os poetas:
Abdias do Nascimento (1914-2011)
Adalgisa Nery (1905-1980)
Adélia Prado (1935 -) + poemas
Adão Ventura (1946-2004)
Affonso Romano de Sant’Anna (1937 – )
Alberto de Oliveira [Antônio Mariano Alberto de Oliveira].. (1857-1937)
Alice Ruiz (1946-…)
Alphonsus de Guimaraens (1870-1921)
Alphonsus de Guimaraens Filho (1918-2008)
Álvares de Azevedo (1831-1852)
Ana Cristina Cesar (1952-1983)
Ariano Suassuna (1927-2014)
Augusto de Campos (1931 -)
Augusto de Lima (1859-1934)
Augusto dos Anjos (1884-1914)
Augusto Frederico Schmidt (1906-1965)
Augusto Meyer (1902-1970)
Auta de Souza (1876-1901)
Basílio da Gama (1741-1795)
Cacaso [Antônio Carlos de Brito].. (1944-1987)
Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) + fortuna crítica + poemas
Carlos Nejar (1939 -)
Carolina Maria de Jesus (1914-1977)
Casimiro de Abreu (1839-1860)
Cassiano Ricardo (1895-1974)
Castro Alves (1847-1871)
Cecília Meireles (1901-1964) + fortuna crítica + poemas
Cláudio Manuel da Costa (1729-1789)
Cora Coralina (1889-1985) + poemas
Cristiano Menezes (1948-2016)
Cruz e Sousa (1861-1898)
Da Costa e Silva (1885-1950)
Deborah Brennand (1927-2015)
Décio Pignatari (1927-2012)
Domingos Gonçalves de Magalhães (1811-1882)
Dora Ferreira da Silva (1918-2006)
Fagundes Varela (1841-1875)
Fausto Rodrigues Valle (1930-2010)
Ferreira Gullar (1930-2016)
Francisca Júlia (1871-1920)
Gilberto Mendonça Teles (1931-)
Gilka Machado (1893-1980)
Gonçalves Dias (1823-1864)
Gregório de Matos (1636-1678)
Guilherme de Almeida (1890-1969)
Haroldo de Campos (1929-2003)
Helena Kolody (1912-2004)
Henriqueta Lisboa (1901-1985)
Hilda Hilst (1930-2004) + poemas
Ivan Junqueira (1934-2014)
Jacinta Passos (1914-1973)
Jamil Almansur Haddad (1914-1988)
João Cabral de Melo Neto (1920-1999)
João Guimarães Rosa (1908-1967) + poemas
Jorge de Lima (1893-1953)
José de Anchieta (1534-1597)
José Godoy Garcia (1918-2001)
José Lino Grünewald (1931-2000)
José Paulo Paes (1926-1998)
Júlia Cortines (1863-1948)
Laís Corrêa de Araújo (1923-2006)
Lara de Lemos (1923-2010)
Lêdo Ivo (1924-2012) + poemas
Lila Ripoll (1905-1967)
Lindolf Bell (1938-1988)
Machado de Assis (1839-1908)
Manoel de Barros (1916-2014) + fortuna crítica + poemas I + poemas II
Manuel Bandeira (1886-1969) + poemas
Manuel Inácio da Silva Alvarenga (1749-1814)
Mariajosé de Carvalho (1919-1995)
Mário Chamie (1933-2011)
Mario de Andrade (1893-1945)
Mario Quintana (1906-1994) + poemas I + poemas II
Mário Faustino (1930-1962)
Marina Colasanti (1937 -)
Marly de Oliveira (1938-2007)
Max Martins (1926-2009)
Murilo Mendes (1901-1975)
Myriam Fraga (1937-2016)
Narcisa Amália de Campos (1852-1924)
Olavo Bilac (1865-1918)
Olegário Mariano (1889-1958)
Orides Fontela (1940-1998)
Oswald de Andrade (1890-1954)
Patativa do Assaré (1909-2002)
Patrícia Galvão, a Pagú (1910-1962)
Paulo César Pinheiro (1949 -)
Paulo Leminski (1944-1989) + poemas
Paulo Mendes Campos (1922-1991)
Paulo Plínio Abreu (1921-1959)
Raimundo Correia (1859-1911)
Raul Bopp (1898-1984)
Ronald de Carvalho (1893-1935)
Solano Trindade (1908-1974)
Sousândrade [Joaquim Manuel de Sousa Andrade].. (1833-1902)
Thiago de Mello (1926 -)
Tobias Barreto (1839-1889)
Tomás António Gonzaga (1744-1810)
Torquato Neto (1944-1972)
Vinicius de Moraes (1913-1980) + poemas + poemas
Vicente de Carvalho (1866-1924)

Fonte: Prosa, Verso e Arte

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Doce Poesia
Para quem ama doces e adora surpresas, este é o lugar certo!!!